sexta-feira, 2 de maio de 2008

Jornal Virtual de Poesia - "DESCLASSIFICADOS"

Foi assim que comecei.

Um Jornal Virtual de Poesias - título: “Desclassificados”.

Nasce aí, a minha primeira inserção no cyber espaço. Nesta época ainda não tinha consciência do que este - tapete voador - chamado “Desclassificados” poderia fazer. Posso afirmar que tudo nasceu da necessidade de expor meu trabalho, a idéia, sempre foi, a de interferir na realidade, e sanar esta necessidade que sinto de me expressar.

O título “Desclassificados” vem da realidade de perceber que a poesia não é um produto na lista de consumo. E, que também não se encontra nos ditos “classificados” desta ordem cultural chamada indústria.

O que fez de mim, como em tantos irmãos poetas, um múltiplo de fazeres; que muitas vezes são antagônicos à nossa função primária (o poetar) - mas como todos, também, preciso sobreviver.

E digo, não há escapatória para poeta, ele pode tentar fugir... mas, ele é a poesia. E é ela que o seduz, é o que conduz, é o que cerca... são seus olhos, seu caminhar, seu toque, seu paladar. É todo ele e o mundo.

E é ela, o além pão. Que como disse o mestre Cristo – Nem só de pão vive o homem.

Pois essa, também chamada – linguagem POESIA - é a linguagem do espírito humano, um presente deste espírito humano para o humano. Esta além das razões, figurando e desfigurando-se entre o pessoal e o trans-pessoal, sendo intransferível, afirmando e fazendo do humano e da humanidade um único corpo, deste seu principio até o seu fim. Sendo o seu tempo, o tempo do nunca, estando o tempo todo no agora, hora devaneio, ora vigília. E é ela a voz de todos os mistérios que há em todas as coisas, uma voz que se vai derramando.

Avoa poesia...

Marco Llobus

Este é o jornal "Desclassificados" nº 8 de 25 - fui muito feliz neste.
Caso queira ver todos os 25 que já foram criados.
Acesse: http://picasaweb.google.com.br/llobus

3 comentários:

Marcos França disse...

Primeiramente parabéns pelo blog, muito bom. Gostaria de saber se existe a possibilidade de meu blog: Cultura Nordestina: http://culturanordestina.blogspot.com/ fazer parte da seção de links do seu? Trata-se de um blog voltado a divulgar os mais variados aspectos de nossa cultura popular nordestina e brasileira. De antemão já agradeço a atenção. Abraços,

Heitor de Pedra Azul disse...

Sarava!
Desclassificando o bréque...
a idéia esta na garupa
das intenções.
Poetisar os espaços
é mais que uma necessidade:
é um bom grão de vida
para a salvação
do mundo!
A paz depende
das palavras,
mas que estas sejam
ditas, escritas com fé.
Assim vamos saravando
o virtual com a elegância
de uma constelação.
Abraços
Heitor de Pedra Azul
www.myspace.com/heitordepedrazul

Luciana Tannus disse...

A capa do "Desclassificados" é muito sugestiva e interessante.

Por outro ponto de vista, desclassificados não entendem a linguagem poética. Por vezes, ela necessita de nós o raciocínio, as entrelinhas. Por isso, a poesia não consta na lista de consumo, ela exige muito de um povo deficiente de conhecimento e cultura.